Rabelos em acesa “competição”

Porto & Douro Magazine


Regata apadrinha
Rota dos Vinhos
do Douro e do Porto

Uma regata de barcos rabelos apadrinhou, no passado dia 27 de outubro, o lançamento da Rota dos Vinhos do Douro e do Porto. Os antigos barcos rabelos, outrora utilizados para o transporte fluvial das pipas de Vinho do Porto, do Douro Vinhateiro até às caves em Vila Nova de Gaia, foram as estrelas desta “competição” singular que contou com a participação de diversas empresas do setor.

A Rota dos Vinhos e do Enoturismo do Porto e Norte de Portugal visa contribuir para o desenvolvimento turístico sustentável da região, através da estruturação do produto Enoturismo e do aproveitamento do potencial da cultura da vinha e do vinho. Os quatro sub-destinos (Porto, Douro, Minho e Trás-os-Montes) dão corpo à estratégia definida, em conjunto, pelo Turismo do Porto e Norte de Portugal, Comissões Vitivinícolas das Regiões dos Vinhos Verdes, Távora-Varosa, Trás-os-Montes e o Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto.

A Rota dos Vinhos e do Enoturismo do Porto e Norte de Portugal foi apresentada no IWINETC- International Wine Tourism Conference, um dos maiores encontros anuais dedicados ao enoturismo, que contou com a realização da Regata de Barcos Rabelos da Confraria do Vinho do Porto, organizada pelo IVDP para divulgar a Rota. Um grupo de jornalistas e conferencistas viveram uma experiência única, ao integrarem a tripulação de cada um dos barcos que participaram na regata.


Partilhar