Apresentação

Congresso Douro & Porto 2021

O Congresso decorrerá durante os dias 19 a 22 de julho de 2021. Terá um figurino misto de sessões presenciais e sessões online. As sessões presenciais serão todas transmitidas online, em simultâneo.
As sessões presenciais serão realizadas no Porto, a 19 de julho, destinadas a convidados do IVDP, podendo contar com participantes inscritos nesta modalidade, até ao limite de lugares da sala (lotação segundo as normas sanitárias no momento).


Igualmente, no dia 22, as sessões presenciais terão lugar no Museu do Douro, com iguais limitações.
O programa integra a realização de conferências temáticas, comunicações científicas e de divulgação e um debate intitulado Traçar novos rumos - Sustentados na Memória, com os olhos no Futuro, para além de uma apresentação da Hackathon Douro & Porto 2021 e a assinatura da Carta para a Sustentabilidade da Região Demarcada do Douro.


O Congresso Douro & Porto – Memória com Futuro projeta-se como um acontecimento científico e cultural que lança no futuro as memórias seculares da Região Demarcada do Douro – inigualável bem cultural que encerra uma espessura histórica única e um vasto repositório de saberes – cenário que o Homem habita desde sempre, o Alto Douro Vinhateiro – desde 2001 Património Mundial da Humanidade da UNESCO.


Num território marcado por enormes desafios edafoclimáticos, o Homem, com grande determinação e capacidade, foi capaz de otimizar os recursos naturais e conseguir cultivar vinha e fazer vinho, secularmente reconhecido pelos seus atributos.


Serão aqui protagonistas as gentes do Douro Vinhateiro, que em seu tempo conseguiram o primeiro modelo institucional de organização de uma região vinícola, que solidificou uma das Regiões mais consagradas do universo vitivinícola mundial.


Nas várias dimensões que percorrem a Região Demarcada do Douro, o compromisso de transição e inovação, com respeito pela agregação de saberes adquiridos ao longo de gerações, tem sido uma constante.


Os desafios do presente e o desígnio de configurar e projetar um Futuro próspero, leva-nos a revisitar os alicerces da Memória. Desta forma, uma ponte entre a Memória e o Futuro guiará este Congresso.
Será, em última análise, um momento único de convergência entre a História, a Sociologia, o Direito, a Viticultura, a Enologia e a Economia, com olhares sobre a biodiversidade, as alterações climáticas, a sustentabilidade e os desafios tecnológicos e da transformação digital que manterão a Região Demarcada do Douro com vitalidade, dinamismo e capacidade de resposta a constantes mutações.
Em diálogo entre Memória e Futuro, além dos temas propostos acima, discutiremos as motivações relacionadas com o gosto e as preferências dos consumidores, o papel do vinho na nutrição e saúde, como se garante a sua qualidade e genuinidade, como se faz a defesa das marcas, qual o papel do enoturismo, como adotar estratégias de comunicação mais eficazes…


Em diálogo entre Memória e Futuro, discutiremos também as implicações na biodiversidade, as alterações climáticas, a sustentabilidade e os desafios tecnológicos e digitais, a par das motivações relacionadas com o gosto e as preferências dos consumidores, o papel do vinho na nutrição e saúde, como se garante a sua qualidade e genuinidade, como se faz a defesa das marcas, qual o papel do enoturismo, como adotar estratégias de comunicação mais eficazes…


Assim, sustentados na Memória, mas com os olhos no Futuro, queremos traçar novos rumos.