VINCI - “Vinho, Inovação e Competitividade Internacional”

PROJETOS

VINCI - “Vinho, Inovação e Competitividade Internacional”

O Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP) participa no projeto europeu intitulado “Vinho, Inovação e Competitividade Internacional” (VINCI), do Programa Interreg SUDOE.

Este Projeto Europeu iniciou-se a 1 de outubro de 2019 e decorrerá até 30 de setembro de 2022 tendo como parceiros a Universidade de Bordéus, Fruition Sciences, Toulouse School of Economics, Bordeaux Aquitaine INNO`VIN, Universidade de Zaragoça, Remot Technologies, Aragón Exterior, Universidade de Castilla la Mancha, UTAD, ADVID e IVDP.

As regiões vitivinícolas do Sudoeste da Europa sofrem de debilidades comuns, expressas por uma produtividade baixa e uma degradação da competitividade internacionalque ameaçam um sector económico crucial para estes territórios.

Neste projeto, tendo por base as tecnologias de conectividade em toda a cadeia de valor, são propostos dois modelos, designadamente: i) previsão das produtividades e ii) potencial de mercado. Baseados na recolha e tratamento de informação (big data), visa disponibilizar-se às PME do setor vitivinícola uma quantificação, antecipada, que concilia a oferta com a procura, e que lhes permita gerir de modo mais eficiente (melhoria na tomada de decisão) os preços, stocks e quantidades a exportar por destino.

Os 11 parceiros do projeto VINCI unem, desta forma, esforços para ajudar o sector vitivinícola a antecipar as previsões de rendimento e assim otimizar a seleção de mercados de exportação, desenvolvendo ferramentas interligadas, que serão disponibilizadas numa plataforma web: uma ferramenta de previsão de rendimento tanto a nível de parcela como a nível de DO, juntamente com uma ferramenta de apoio à exportação. Estas ferramentas são inovadoras na medida em que permitem associar de forma mais personalizada a previsão de desempenho fino e a estratégia de exportação.

As ferramentas serão desenvolvidas e testadas entre as equipas académicas e profissionais do vinho de 4 regiões SUDOE: Douro, Aragão, Castilla La Mancha e Nova Aquitânia. Esta referência transnacional é essencial para garantir a validade dos instrumentos e a sua utilização futura em condicionalismos territoriais diferentes, mas específicos no Sudoeste da Europa.

Projeto http://vincisudoe.eu/

Programa https://www.interreg-sudoe.eu/prt/homepage 

Cartaz_VInCI_poster_A3